Por que Dulino?

Du - eDucação

Li - quaLIdade

No - tecNOlogia



Olá, nós somos a Dulino!

Sim, nós. A gente fala assim no plural porque esta empresa é feita por muitos. São muitas mãos que conduzem um novo jeito de aprender e, claro, de ensinar também.

Então, nós que fazemos a Dulino entendemos que a eDUcação precisa ser transformadora. Para isso, a eDUcação precisa ser palpável e funcional. Ou seja, ensinar e aprender precisam estar de mãos dadas de maneira prática.

Essa ideia nasceu de um sonho e eu, Raphael Gadelha, CEO e fundador, nasci no mesmo dia da escola: 15 de março. Seguramente, é por isso que a Dulino não vê a escola no formato que ainda insiste em existir. Observem conosco: temos escolas do século 19, professores no século 20, alunos no século 21. A conta não fecha!

Lápis e papel perderam espaço para tablets, computadores, óculos de realidade virtual, celular, câmeras e uma lista que não terminaríamos de incluir itens nesse texto aqui. Não à toa, a internet é um globo que gira em frações de segundos com infinitos acessos. Ela também é aliada à educação.

Assim, a Dulino surgiu em 2013 oferecendo a tecnologia como aliada nesse processo de aprender fazendo. Há nada melhor do que aprender praticando?


Como funciona?

Nossa metodologia leva equipamentos de tecnologia às escolas. Guiados por professores capacitados também pela Dulino, os estudantes manuseiam peças, planejam montagens, entendem desafios e descobrem soluções. Os alunos dão “vida” aos robôs e veem seus projetos nascendo em movimento. Assim, com as mãos e a cabeça em funcionamento, aprendem as disciplinas comuns: matemática, ciências, entre outras. Nesse caminho, também desenvolvem a interação, o trabalho em equipe, a superação de problemas e o poder de liderança. Não é entretenimento, é conhecimento. Afinal, a educação é para a vida, e essa é a nossa esperança: que a educação sirva para o dia a dia, para as relações, e para que os aprendizes consigam competir num mercado cada vez mais desafiador, diante de surgimento de tantas profissões. Umas, inclusive, nem surgiram ainda. É tudo tão rápido, que enquanto você lia essa frase aqui, algo lá fora mudou. Tenha certeza!

Quando essas atividades não acontecem nas escolas parceiras, elas funcionam nas nossas instalações, em laboratórios equipados e eficientes para que os alunos construam ideias a partir das aulas.

Estamos em diversas escolas e municípios brasileiros. A gente não vai se estender muito na conversa aqui pra dar tempo pra vocês conhecerem esse nosso canal inteiro: um site interativo e curioso. Cada página desse site vai contar mais um pouco de nós: serviços, ações, conteúdos, notícias e projetos.

Explorem e nos conheçam.

Sintam-se em casa e podem chegar!

Por que Dulino?

Du - eDucação

Li - quaLIdade

No - tecNOlogia



Olá, nós somos a Dulino!

Sim, nós. A gente fala assim no plural porque esta empresa é feita por muitos. São muitas mãos que conduzem um novo jeito de aprender e, claro, de ensinar também.

Então, nós que fazemos a Dulino entendemos que a eDUcação precisa ser transformadora. Para isso, a eDUcação precisa ser palpável e funcional. Ou seja, ensinar e aprender precisam estar de mãos dadas de maneira prática.

Essa ideia nasceu de um sonho e eu, Raphael Gadelha, CEO e fundador, nasci no mesmo dia da escola: 15 de março. Seguramente, é por isso que a Dulino não vê a escola no formato que ainda insiste em existir. Observem conosco: temos escolas do século 19, professores no século 20, alunos no século 21. A conta não fecha!

Lápis e papel perderam espaço para tablets, computadores, óculos de realidade virtual, celular, câmeras e uma lista que não terminaríamos de incluir itens nesse texto aqui. Não à toa, a internet é um globo que gira em frações de segundos com infinitos acessos. Ela também é aliada à educação.

Assim, a Dulino surgiu em 2013 oferecendo a tecnologia como aliada nesse processo de aprender fazendo. Há nada melhor do que aprender praticando?


Como funciona?

Nossa metodologia leva equipamentos de tecnologia às escolas. Guiados por professores capacitados também pela Dulino, os estudantes manuseiam peças, planejam montagens, entendem desafios e descobrem soluções. Os alunos dão “vida” aos robôs e veem seus projetos nascendo em movimento. Assim, com as mãos e a cabeça em funcionamento, aprendem as disciplinas comuns: matemática, ciências, entre outras. Nesse caminho, também desenvolvem a interação, o trabalho em equipe, a superação de problemas e o poder de liderança. Não é entretenimento, é conhecimento. Afinal, a educação é para a vida, e essa é a nossa esperança: que a educação sirva para o dia a dia, para as relações, e para que os aprendizes consigam competir num mercado cada vez mais desafiador, diante de surgimento de tantas profissões. Umas, inclusive, nem surgiram ainda. É tudo tão rápido, que enquanto você lia essa frase aqui, algo lá fora mudou. Tenha certeza!

Quando essas atividades não acontecem nas escolas parceiras, elas funcionam nas nossas instalações, em laboratórios equipados e eficientes para que os alunos construam ideias a partir das aulas.

Estamos em diversas escolas e municípios brasileiros. A gente não vai se estender muito na conversa aqui pra dar tempo pra vocês conhecerem esse nosso canal inteiro: um site interativo e curioso. Cada página desse site vai contar mais um pouco de nós: serviços, ações, conteúdos, notícias e projetos.

Explorem e nos conheçam.

Sintam-se em casa e podem chegar!

Depoimentos

  • O projeto influenciou demais para a melhoria do nosso aprendizado, não só para as aulas de exatas, mas como trabalhar em grupo, se comunicar melhor nas relações em sala de aula e na vida social. O tempo todo estávamos trabalhando em equipe e precisávamos uns dos outros para realizar as atividades de montagem, por exemplo.  Estudar algo praticando, tocando e solucionando problemas me ajudou até mesmo a escolher minha profissão. Passei a gostar mais de matemática e, atualmente, estudo Mecânica Industrial. Ou seja, o projeto foi decisivo para o que decidi para o meu futuro. Outros colegas também escolheram profissões na área de comunicação, tecnologia e licenciatura na área de exatas por causa do projeto.
    Elton Daniel
    Estudante de Mecânica Industrial
  • A gente percebeu uma motivação incrível dos alunos ao participarem do projeto de tecnologia educacional. A gente conseguiu perceber que os estudantes que mais se dedicaram nas atividades de robótica também alcançaram espaços em escolas técnicas, institutos e outros cursos. Isso prova que a educação é composta por vários saberes. A educação não é mais decorativa. Ela precisa fazer parte da vida social de quem está estudando. As crianças e adolescentes precisam ver funcionalidade naquilo que estão aprendendo. É tudo muito válido e enriquecedor. É aprendizado na prática.
    Manuela Xavier
    Coordenadora Pedagógica da Escola Municipal Dilma Cecília da Silva
  • Antes da Dulino, procuramos bastante no mercado uma empresa que trabalhasse com robótica. No entanto, essa empresa precisaria ter um olhar além da tecnologia, mas também um olhar pedagógico, e que se encaixasse com a filosofia educacional da escola. Foi aí que encontramos a Dulino. Podemos afirmar que os orientadores que estiveram com nossos estudantes são de excelência. As famílias ficaram satisfeitíssimas porque perceberam os avanços pedagógicos na trajetória escolar dos filhos. A gente acredita que a robótica vai além do aprendizado de técnicas. A proposta precisa preparar para a vida, assim como o nosso colégio faz. Foi uma ótima escolha.
    Roberta Assis
    Diretora do Colégio Santa Catarina

Entre em Contato



Entre em Contato


Leve a Dulino até você!
×